sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Heroísmo que dá um filme. Piloto que evitou atentado a Sarney: 'Nunca me dirigiu a palavra'


Lucidez, heroísmo e profissionalismo do Comandante Murilo de Lima e Silva


Heroísmo que dá um filme. Piloto que evitou atentado a Sarney: 'Nunca me dirigiu a palavra'


30 de setembro de 2011 • 17h58



Demétrio Rocha Pereira
Há exatos 23 anos e um dia, o comandante Fernando Murilo de Lima e Silva arriscava manobras pioneiras em um Boeing 737-300 e impedia o sequestrador do voo Vasp 375 de consumar o intuito de atirar a aeronave contra o Palácio do Planalto, onde José Sarney exercia a Presidência do País. Impondo ao presidente da República a culpa por seu desemprego, o maranhense Raimundo Nonato Alves da Conceição, então com 28 anos, queria punir o peemedebista hoje presidente do Senado, homem que, segundo o comandante Murilo, nunca lhe demonstrou qualquer reconhecimento.

"O ex-presidente Sarney, sem comentários, nunca me dirigiu a palavra", afirma o piloto, atualmente com 60 anos e ainda na ativa, voando em um Boeing 767 na Rio Linhas Aéreas, companhia de transporte de cargas de Curitiba. Naquele 29 de setembro de 1988, Murilo seguia de Porto Velho para o Rio de Janeiro e, após escala em Belo Horizonte, teve o avião sequestrado. "Ele entrou no avião com cem balas dentro do casaco jeans e um revólver. Deu, com certeza, mais de 20 tiros dentro do avião", lembra o comandante, cujo copiloto naquela manhã, Salvador Evangelista, foi morto a sangue frio por Nonato, que estava "muito nervoso e arisco". Um tripulante em treinamento já havia sido baleado na perna durante as tentativas do sequestrador de invadir a cabine.

Murilo conseguiu informar a torre de comando do sequestro e da mudança de rota para Brasília. Das 50 mil libras de combustível que enchem o tanque de um Boeing 737, ele se viu com 1,8 mil libras no céu de Goiânia. Foi quando um tonneau (giro completo sobre o eixo da aeronave) e um parafuso (trajetória vertical descendente e em espiral), os únicos registrados até hoje no modelo, derrubaram o sequestrador. "Fiz as manobras porque o combustível do avião já havia acabado e o motor esquerdo parou primeiro. Resolvi brigar antes de morrer. As únicas chances que tinha seriam com manobras com o avião, pois eu estava amarrado no assento da cabine."

Mesmo com as acrobacias, o aviador garante que os passageiros não entraram em pânico. "Os passageiros foram espetaculares, não me deram nenhum problema." Com Nonato desorientado, Murilo pôde aterrissar em segurança no aeroporto internacional Santa Genoveva, na capital goiana. A negociação no solo se estendeu até o início da noite, quando Nonato tentou descer do Boeing utilizando Murilo como escudo e foi baleado por policiais federais, morrendo três dias depois. A última bala disparada pelo tratorista desempregado atingiu a coxa de Murilo.

Embora não tenha percebido reconhecimento do principal alvo do atentado, Murilo diz que outras vidas salvas não lhe negaram homenagens. "Durante algum tempo, os passageiros alemães mantiveram contato e faziam festa todos os anos no dia 29 de setembro, mas, com o passar do tempo, alguns morreram e a animação foi acabando."

O comandante não se permite entusiasmo ao falar das medalhas do Mérito Santos-Dumont e da Ordem do Mérito Aeronáutico com que foi condecorado. "As mesmas medalhas foram dadas à esposa do ex-presidente (Luiz Inácio) Lula (da Silva), ao, na época, ministro da Fazenda, Maílson da Nóbrega, e a muitos outros em quem não vejo mérito algum para as mesmas."

Depois de lecionar na Faculdade de Ciências Aeronáuticas da Universidade do Tuiuti, no Paraná, o comandante Murilo voltou a ser piloto. Os 44 anos de profissão, que somam 25 mil horas de voo, diz ele, "não deixam espaço para medo, mesmo porque a aviação é muito segura".

De acordo com ele, a segurança aeroviária melhora "a cada dia, porém a passos curtos, que não acompanham o crescimento acelerado da aviação. A aviação precisa de um grande e rápido investimento, mais pistas, mais equipamentos eletrônicos de auxílio, mais treinamento para os controladores".

A preocupação aumenta com a iminência de eventos como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. Segundo Murilo, os eventos "trazem riscos muito grandes, com o aumento do fluxo e com a falta de equipamentos mais modernos para o controle de tráfego, assim como a falta de mais pistas para pouso e espaço físico para embarque e desembarque de passageiros e para o estacionamento de aeronaves".

Entrevistado por diversos veículos de comunicação logo após o atentado de 11 de setembro de 2001 nas Torres Gêmeas e no Pentágono, Murilo viu o ato terrorista de Curitiba, quando ainda ministrava aulas na faculdade, 13 anos depois de garantir a continuidade de cerca de 100 vidas sob a sua responsabilidade e de outras tantas que, inabaladas, não fizeram questão de executar a simples manobra do agradecimento.

http://noticias.terra.com.br/brasil/noticias/0,,OI5386989-EI306,00-Piloto+que+evitou+atentado+a+Sarney+Nunca+me+dirigiu+a+palavra.html

Indústria do Cimento - Fornos de cimento usam resíduos perigosos como substituto de energia - Coprocessamento




Indústria do Cimento - Fornos de cimento usam resíduos perigosos


 
Indústria do Cimento - Fornos de cimento usam resíduos perigosos como substituto de energia - Coprocessamento



Por Marise Jalowitzki
30.setembro.2011
http://ning.it/pmn8rx


Os fornos de clínquer parecem ser a grande boca do inferno, onde tudo o que é venenoso, perigoso e pestilento, é queimado. Claro que deve haver um lugar assim, para onde são levados todos os resíduos que ameaçam a vida, só que isso é fato pouco ou quase nada comentado.

Há, também, outros depósitos de lixo tóxico, ainda mais perigosos. Os resíduos nucleares. Os resíduos oriundos da energia nuclear é que, até o momento, ainda permanecem em seu estado aquoso. Frágil e temerário resguardo, pois quando da ocorência de uma intempérie catastrófica, tudo vai para os ares, água e solo, assim como aconteceu já dezenas de vezes, sendo os piores acidentes da História o de Chernobyl, na Ucrânia (1986) e o de Fukushima, no Japão (março.2011).

Em condições "normais", os técnicos mantém os resíduos sob controle. Entretanto, os depósitos vão se enchendo. O que fazer, daí? Criar outros e outros? Até quando? O que estamos deixando para as gerações futuras? Uma de nossas usinas em Angra dos Reis (RJ) já está com seu reservatório significativamente repleto. Para onde serão enviados os resíduos? Alguns países constróem os seus "sarcófagos" - o da Ucrânia rompeu-se alguns anos após ter sido construído e continua a liberar sua carga tóxica, sem que as providências devidas sejam tomadas. Debates intermináveis. A Suécia oferece ao mundo o seu grande "porão-subterrâneo", seu "lixão-radioativo no fundo do mar.

Todos os demais resíduos perigosos, originados por pesticidas, pelo petróleo, pelas siderúrgicas (aço, ferro, etc.), solos excessivamente contaminados, tudo vai para queima nos fornos das cimenteiras.

A indústria do cimento é a indústria que mais cresce no mundo. Não podemos mais ficar à margem desse universo, como se cimento fora coisa apenas concernente à construção civil. Não. Cimento diz respeito à nossa vida diária, está em nosso cotidiano e precisamos conhecer mais.

Quando, em algumas noites, mal consigo respirar de tanto cheiro químico, sem saber de onde provem, pergunto:
- Será da Refinaria da Petrobras, logo aqui em Canoas, quando a torre "se incendeia"?
- Será da Aços Gerdau, de Sapucaia do Sul?
- Ou será de Charqueadas, com sua fábrica de cimento, utilizando resíduos resultantes da oxidação do aço em seu processo de produção?
- Ou será de Candiota, com suas usinas de carvão?

Os ventos podem levar a poluição do material particulado por centenas e centenas de quilômetros. Talvez nunca saiba. Talvez outros cidadãos, assim prejudicados e curiosos, também queiram saber. Dia há de vir em que as indústrias terão como práxis divulgar como funcionam seus processos, expandir conhecimentos de produção para todos: cidadãos leigos, trabalhadores - desde os mais humildes aos mais altos postos -, população do entorno (carente ou não), estudantes que, desde cedo, tomarão consciência de onde é preciso aprimorar práticas. Todos devem saber como são produzidos os bens e produtos que consumimos.

O que hoje é visto como bisbilhotice ou intromissão por alguns, no futuro terá de ser regra geral, simples. Irá influenciar nas moradias, na valorização dos terrenos à venda, na instalação do comércio, na instalação dos centros educacionais. Claro que estes mesmos fatores (de direito do cidadão) são os que hoje fazem arrastar o silêncio, encobrindo verdades, alienando pessoas e adoecendo comunidades. O silêncio acoberta, também, assim, a urgência na adoção de melhores tecnologias por parte das fábricas e seus empresários (e, portanto, mais investimentos - para a maioria deles, vistos como gastos, despesas) .

Este blog, grãozinho de areia, intenta jogar uma pequena fagulha de mais conhecimento, propiciando minimamente momentos de reflexão, para acelerar a chegada do tempo em que conheceremos mais das verdades do mundo que nos rodeia.

Diz o adágio crístico: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará!"

Já acontecem encontros, fóruns, conferências; já se promulgam leis e há uma preocupação irreversível para minimizar efeitos nocivos pelo nosso modus vivendi denominado progresso. Muito ainda há por ser feito para o bem estar geral. Louvo os que se decidem fazê-lo.


Fornos de clínquer - A regra exige que instalações novas e já existentes demonstrem 99,99% de ERD - Eficiência de Remoção e Destruição

Clínquer = queima de calcáreo e argila, em altas temperaturas, formando a base para o fabrico do cimento. Hoje, utilizam-se também vários outros resíduos e escórias, incluindo material perigoso.


Desde os anos 70 os fornos de cimento utilizam resíduos perigosos como substituto de energia

COPROCESSAMENTO DE RESÍDUOS PERIGOSOS

Algumas siglas:
PCOP - Principais Constituintes Orgânicos Perigosos
ERD - Eficiência de Remoção e Destruição
PCB - Bifenilas policloradas

"Instalações industriais e fornos de cimento nos EUA que queimam resíduos perigosos devem obedecer a valores de limite de emissões definidos nos Padrões de Emissão Nacionais para Poluentes Atmosféricos Perigosos (Federal Register, 1999).

Além disto, devem executar um Teste de Queima para demonstrar o desempenho do incinerador para alguns dos PCOP - Principais Constituintes Orgânicos Perigosos - selecionados.

A regra exige que instalações novas e já existentes demonstrem 99,99% de ERD - Eficiência de Remoção e Destruição - para os PCOPs no fluxo de resíduo. Alcançando esse nível de ERD, considera-se que não há risco significativo.

Por outro lado, eficiência de destruição e remoção de 100% nunca será possível de estabelecer ou demonstrar em virtude dos limites de detecção nos instrumentos de análise. Isto significa que uma ERD demonstrada de 99,99% pode, na realidade, ser ainda mais alta.


RESULTADOS DE TESTES DE QUEIMA DE PCBS

Os resultados dos testes de queima envolvendo PCBs forneceram sustentação adicional para a capacidade dos fornos de cimento em destruir componentes orgânicos de resíduos perigosos utilizados como combustíveis.

Por causa de suas características úteis, como estabilidade térmica, excepcionais propriedades dielétricas e não-inflamabilidade, os PCBs foram em certa época amplamente utilizados, mas foram proibidos pelo Congresso dos EUA em 1976.

Ao mesmo tempo, a Lei de Controle de Substâncias Tóxicas (TSCA), que regulamentava a eliminação dos PCBs, foi aprovada. A incineração foi reconhecida como o único método aceitável para a eliminação de PCBs com concentrações consideradas significativas (i.e.,superior a 500 ppm). Uma EDR de 99,9999% é exigida pelo TSCA para a incineração desses compostos.
(...)

RESULTADOS DE TESTES DE QUEIMA MAIS RECENTES
Em 1999, um teste de queima com solo contaminado por pesticidas alimentado à entrada do forno foi realizado num forno via seca, na Colômbia.

O resultado do teste de queima mostrou uma EDR de 99,9999% para todos os pesticidas introduzidos.Um teste de queima com dois inseticidas clorados vencidos introduzidos a uma taxa de 2 toneladas por hora através do queimador principal foi realizado em 2003 no Vietnã. A EDR para os inseticidas introduzidos foi  99,99999%.

-----


Levantamento envolveu os principais fabricantes de cimento no Brasil e pesquisou 20 diferentes fornos de clínquer

 



Levantamento no Brasil pesquisou 20 diferentes fornos de clínquer

"Um levantamento realizado com os principais fabricantes de cimento no Brasil gerou um banco de dados com 60 resultados de medições de PCDD/Fs, oriundos de 20 diferentes fornos de clínquer do país.

Para esse levantamento foi elaborado um questionário com um pedido de informações sobre as medições de emissões de PCDD/Fs e também sobre características do forno de clínquer onde foi feita a medição e sobre as condições operacionais do forno.

De maneira geral, as principais informações da tecnologia do forno, do equipamento de controle da poluição do ar (tipo de filtro) e da metodologia de coleta e análise de PCDD/Fs e nome dos laboratórios que efetuaram as mesmas, foram fornecidas para quase todos os 60 dados enviados.

Já com relação ao detalhamento da análise (valor do “branco” de PCDD/Fs, concentração dos
isômeros, etc.) e ao teor de carbono orgânico nas matérias-primas, o percentual de informações disponíveis foi bem inferior.

Foi solicitado o envio somente de amostras que correspondessem àquelas feitas de acordo com as metodologias aprovadas pelas autoridades ambientais (no caso, predominantemente o método EPA 23), e a maioria dos dados faz parte do programa de monitoramento das fábricas para avaliação da conformidade legal (atendimento aos padrões ambientais), o que aumenta o rigor empregado na realização das amostragens.

(...)

O perfil da indústria de cimento no Brasil: fornos com sistemas de pré-aquecedores (torre de
ciclones), em geral também equipados com pré-calcinadores. No conjunto de dados levantado também predomina o uso de filtros eletrostáticos como equipamento de controle da poluição (ECPs) dos fornos de clínquer, enquanto os filtros de manga ou híbridos ainda são minoria.

A maioria das medições de emissões de PCDD/Fs é feita com o moinho de cru (por onde passa parte dos gases do forno) em operação e com o forno realizando coprocessamento.

Nessa atividade predomina o uso de combustíveis alternativos em relação ao uso de matérias-primas alternativas, muito embora estas também sejam utilizadas com frequência. A temperatura nos ECPs é em geral inferior a 200ºC, o que é considerado um fator muito relevante para a minimização das emissões de PCDD/Fs.

http://www.wbcsdcement.org/pdf/Formacao_e_Emissao_de_POPs_pela_Industria_de_Cimento.pdf

-

Como ocorre a drenagem do gás metano - Mais ameaças de explosões por metano em São Paulo - Agora é o conjunto Cingapura




Lixão de ontem, shopping de hoje - É assim que são construídos os centros urbanos - Shopping Center Norte e entorno com ameaça de explosão por gás metano


Como ocorre a drenagem do gás metano
 - Mais ameaças de explosões por metano em São Paulo - Agora é o conjunto Cingapura

Por Marise Jalowitzki
30.setembro.2011
http://ning.it/qnobhS

A CETESB - Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental - depois de concluir o perigo de explosão por metano no Shopping Center Norte, em São Paulo, investiga o entorno e descobre que o conjunto habitacional Cingapura, na Avenida Zaki Narchi, também corre o mesmo risco de explosão que o Shopping. Todo o entorno está ameaçado, incluindo o Novotel. Ou seja, há que se averiguar qual a extensão do antigo lixão e tomar TODAS as providências.

"Se a prefeitura não tomar as medidas de drenagem para dispersar o gás em 30 dias, também poderá ser autuada", informa o jornal O Estado de S. Paulo.


Shopping Center Norte e Entorno, com ameaça de explosão por acúmulo de gás metano no subsolo

Como ocorre a drenagem do gás metano

Como a situação é devido a construções feitas sobre lixões, o lixo em decomposição, além do chorume, vai produzindo gás metano, o mesmo que causa efeito estufa - grande responsável pelo aquecimento global -. Este gás também se encontra sobre as camadas de petróleo. O gás metano, quando gerado no subsolo (devido a um aterro simples - cobertura irresponsável, sem o devido tratamento), vai se acumulando, acumulando, "inchando", comprimindo, até que, ao conseguir se liberar e entrar em contato com a atmosfera, explode e incendeia.

Os drenos comumente usados são meros tubos, canos que são colocados no subsolo e que "emergem" tipo chaminés, para liberar o gás para a atmosfera. Simples assim. Ontem (30) foi mostrado um campo de futebol - também inaugurado sobre um antigo lixão - onde já foram colocados os drenos. A colocação pura dos canos-drenos, só demonstra mais uma vez o despreparo e a "solução-rápida" que tem caracterizado o nosso mundo. "livrar-se do problema, já!", sem medir as consequências logo adiante. Sim, pois liberar o metano para a atmosfera, sem nenhum filtro, sem nenhum tratamento, sem nenhuma queima, sem reciclagem, "resolve" a questão de impedir a explosão, questão imediata, mas continua empestando o ar, já tão poluído!

O gás metano, quando liberado livremente para a atmosfera, é 20 vezes mais poluente do que quando queimado (quando se torna CO2 - igualmente gás efeito estufa). A queima acontece quando o aterro sanitário recebe tratamento devido. O ideal seria a queima e o reaproveitamento para que se tornasse combustível ou  energia elétrica, como no caso de Unaí - MG, onde o projeto Natureza Limpas faz esse reaproveitamento do lixo urbano (Veja mais em  Link: http://t.co/xZslfoX ).

O que apareceu na reportagem televisiva sobre as providências do shopping, são tubos, encanamentos que, por certo, vão para uma estação de tratamento, a fim de diminuir os impactos ambientais nocivos. Essa providência de "fim-de-tubo" (end-of-pipe), isto é, COMO será tratado o metano, não apareceu.

O conjunto habitacional agora em questão, o Cingapura, tem, em média, 7 mil moradores.

Por causa das últimas descobertas, a CETESB vai investigar a presença de metano na área entre o shopping e o Cingapura, onde ficam o hotel Novotel e o Instituto de Previdência Municipal de São Paulo.

Os transtornos estao só começando. E, felizmente, ANTES da ocorrência de tragédias.

O que podemos depreender de tudo isso: que as autoridades, ou são insipientes (não sabedores, ignorantes) ou são irresponsáveis, ou descuidadas. O crescimento rápido da cidade para o norte, nas últimas décadas, promoveu a concessão de licenças sem o devido estudo das condições do solo.


São Paulo e a poluição atmosférica - Gás metano no Shopping Center Norte



Com certeza, este não é um problema só de São Paulo. Em outro artigo, citei o caso da Arena do Grêmio, aqui em Porto Alegre, construção em andamento. Milhares são as situações por esse Brasil afora, onde o lixo, indiscriminada e desordenadamente, vem sendo descartado há décadas.

Vamos correr atrás do prejuízo, como sempre. O que nossos avós ensinaram "Vale mais prevenir do que remediar!" parece que ninguém aprendeu!

----------
Leia também: http://ning.it/qZcrCj


Shopping Center Norte, de São Paulo, com gás metano, praticamente vazio. Clientes e funcionários com medo.

Shopping Center Norte de São Paulo, sobre metano ameaça explodir - E alguém ainda fala que é o planeta que se vinga? Não é vingança, é reação química!

Por Marise Jalowitzki
LINK: http://ning.it/qZcrCj

-------

E também:


Arena do Grêmio pode estar sendo construída sobre um lixão. É preciso que as autoridades se pronunciem.


Gás Metano em Porto Alegre - Estádio do Grêmio Futebol Portoalegrense e o Shopping de São Paulo

29.setembro.2011


------
Nota de 05.outubro.2011 - apesar das apelações, Shopping permanece fechado por ordem da Prefeitura e funcionários são barrados para que não entrem no prédio. Valeu!

Nota de 11.outubro.2011 - O shopping foi reaberto ao público, após a instalação de drenos. Os moradores do conjunto Cingapura, após ordem de deixar suas casas, recusaram-se; continuam sendo instalados drenos, sem maiores especificações, tal como aconteceu no shopping. Sobre o Novotel e dependências municipais, ninguém mais comenta.

------
Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente



compromissoconsciente@gmail.com
Escritora, pós-graduação em RH pela FGV,
international speaker pelo IFTDO-EUA

Porto Alegre - RS - Brasil

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Túnel subterrâneo nos Andes para estudar Energia Escura - O Paradoxo dos Mundos



Mega Túnel subterrâneo nos Andes começa a ser construído em 2012 e fica a 1.500m de profundidade

Túnel subterrâneo nos Andes para estudar Energia Escura - O Paradoxo dos Mundos


Túnel na Cordilheira dos Andes ajudará estudos sobre o Universo



Por Marise Jalowitzki
29.setembro.2011
http://ning.it/npLNRx


Pois é. Quando se tem conhecimento de uma notícia como essa, a sensação é mesmo de ser ainda "mais pequenininho" do que se acha e sabe. Um laboratório subterrâneo, com uma ala maior, a principal, onde serão feitos dois ou três experimentos maiores, e um túnel secundário, que abrigará três ou quatro andares destinados a estudos variados, cortados por túneis de acesso, que ocuparão 2.500 metros quadrados da área subterrânea. Dá para imaginar o tamanho de tudo isso?


Pois esse é o que já está acontecendo na Cordilheira dos Andes. É o Projeto Andes, que envolve cientistas da Argentina, do Brasil, do Chile e do México. O túnel, que começará a ser construído em 2012, terá 14 quilômetros de extensão e um laboratório que será instalado a mais de 1.500 metros abaixo da superfície.


A localização do túnel fica em uma região entre a Argentina e o Chile.


O que um empreendimento como este acarreta em termos da chamada sustentabilidade, a preservação do ecossistema, o desmatamento? São mundos diferentes, em um mesmo mundo, correndo em direção oposta. De um lado, alguns ecochatos tentando preservar a vida na Terra como ela sempre foi. De outro, toda uma comunidade científica sedenta por pesquisar e conhecer o que ainda não se sabe.


É, realmente, sedutor imaginar que 85% da matéria do Universo é ainda desconhecida, como querem os cientistas.  Os cientistas acreditam que 85% da matéria do Universo é composta por matéria escura, cujas características são totalmente desconhecidas. Gente! Totalmente desconhecidas! A maior parte de tudo o que supomos é desconhecida!


O projeto já foi liberado e as obras iniciam em 2012. O grupo de cientistas argentinos, chilenos e mexicanos,  recebem apoio de colegas americanos e europeus em troca da cooperação no estudo da chamada matéria escura, dos neutrinos e de outras partículas subatômicas, explicou o coordenador da iniciativa, o físico franco-argentino Xavier Bertou.

Cientistas vão aprofundar o estudo sobre os neutrinos, outras partículas subatômicas, impactos dos raios cósmicos e sismógrafos. É o Laboratório do Projeto Andes




O que será estudado no Laboratório Subterrâneo dos Andes


O principal objetivo é ampliar os estudos sobre os neutrinos, partículas de pouquíssima massa, com carga elétrica neutra e que, provavelmente, possuem velocidade maior do que a luz. Até agora, acreditava-se nas conclusões de Einstein, que preconizava que a velocidade da luz era a maior. Os estudos serão trocados com os cientistas do mundo, também envolvidos nas mesmas pesquisas.


Outras partículas subatômicas também serão pesquisadas.


Também serão aprofundados estudos sobre os impactos dos raios cósmicos sobre o envelhecimento celular.
Além da geofísica, criando uma rede de sismógrafos entre a Argentina e o Chile, e do ambiente.


O Coordenador do Projeto Andes, o físico franco-argentino Xavier Bertou, explica que grande parte desses estudos só pode ser feita em locais abaixo de rochas, que permitem detectar os neutrinos, os quais interagem pouco com a matéria.


"Entender o comportamento dos neutrinos é fundamental para o estudo da física" acrescenta Bertou. 


Atualmente há mais de dez laboratórios subterrâneos no hemisfério Norte, entre eles o italiano Gran Sasso (*), onde foram medidos os neutrinos que, aparentemente, "são mais rápidos que a luz".


O laboratório localizado no hemisfério Sul permitirá que sejam feitos estudos cruzados dos neutrinos. "Devido ao movimento da Terra, alguns estudos ganhariam muito se fossem feitos nos dois hemisférios para que os eventos possam ser triangulados", disse Bertou.



Valor do Investimento
O laboratório, para ser construído, custará  US$ 15 milhões, o equivalente a 2% do custo do túnel rodoviário Água Negra, que unirá a cidade de Iglesia, na província argentina de San Juan, à província chilena de Vicuña. 


Xavier Bertou afirmou ainda que faltam pelo menos US$ 5 milhões para equipar o laboratório para estudos de física de partículas.




Novo Polo Tecnológico


O projeto Andes tem o potencial de incentivar a criação de empresas de alta tecnologia, como aconteceu nas regiões próximas aos laboratórios na Europa, declaram os cientistas.

Como sempre, haverá ofertas para os empregos temporários de construção... Depois, talvez, criamos o nosso "próprio" Vale do Silício....



LNGS - Laboratório Nacional Gran Sasso é o maior laboratório subterrâneo do mundo e fica a 120 km de Roma


(*)
Laboratório Gran Sasso, na Itália 

LNGS  - O Laboratório Nacional Gran Sasso fica entre as cidades de L´Áquila e de Teramo, a 120 km de Roma. As instalações subterrâneas estão localizadas no túnel que atravessa o maciço de montanhas do Gran Sasso. Possui três grandes salas experimentais, cada um com cerca de 100 m de comprimento, 20 de largura e 18 de altura e túneis de serviço. Também possui instalações externas. A missão do laboratório é o de acolher as experiências de física e astrofísica de partículas subatômicas, e outras disciplinas que podem se beneficiar das suas características e infraestrutura, ou seja,  que requerem pequenos níveis de radiação local (ruído de fundo). Hoje, 750 pesquisadores de 22 países trabalham em 15 linhas de pesquisas no LNGS.


Laboratório Subterrâneo Gran Sasso - O Maior do mundo, vai ser parceiro do Laboratório Subterrâneo dos Andes (Vista do interior)
 Laboratório Nacional de Gran Sasso, o maior debaixo da terra para experimentos em física e astrofísica de partículas subatômicas, localizado em Abruzzo, mantém parceria com instituição brasileira.

Leia também:
Cientistas anunciam partícula que se move mais rápido que a luz


Fontes:
EFE
http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/981663-tunel-na-cordilheira-dos-andes-ajudara-estudos-sobre-o-universo.shtml
http://oriundi.net/site/oriundi.php?menu=noticiasdet&id=11350


-------
Leia também: http://ning.it/pxLr7C


Linro Project - Dois suíços, radicados no Brasil, mostram como revolucionar a Física e obter Energia a partir da Energia da Gravidade - Dupla Rotação simultânea - Chega de Desmatamento!



Projeto Linro - Alternativa Energética - Energia Gravitacional - Simples e barata

24.agosto.2011
Link: http://ning.it/pxLr7C


Querendo, leia também:

Terremoto 6.1 no mesmo dia do Colapso no Glaciar de Perito Moreno - Argentina

O que o terremoto tem a ver com o Túnel Subterrâneo dos Andes - Gaia - Mãe Terra e as consequências 

Terremoto 6.1 no mesmo dia do Colapso no Glaciar de Perito Moreno - Argentina


Por Marise Jalowitzki
07.março.2012
http://compromissoconsciente.blogspot.com/2012/03/terremoto-61-no-mesmo-dia-do-colapso-no.html 

-------

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Gás Metano em Porto Alegre - Estádio do Grêmio Futebol Portoalegrense e o Shopping de São Paulo


Arena do Grêmio pode estar sendo construída sobre um lixão. É preciso que as autoridades se pronunciem.

Gás Metano em Porto Alegre - Estádio do Grêmio Futebol Portoalegrense e o Shopping de São Paulo

Por Marise Jalowitzki
29.setembro.2011
http://ning.it/pjqTon

Estamos todos mobilizados com a evolução da situação que envolve o Shopping Center Norte, de São Paulo, onde o gás metano continua sendo encontrado, agora já em duas lojas.

Ministério Público e CETESB, junto com a direção do Center Norte, buscam soluções para impedir o fechamento do local, que põe em risco a vida de todos os que lá circulam, clientes ou funcionários, incluindo ameaça de explosão.

Isto faz pensar em quantas situações haverá pelo Brasil afora, onde, em nome do progresso, tampam-se os olhos sobre a situação que havia ali, naqueles terrenos, há um tempo atrás?

E como está a construção do Estádio do Grêmio Futebol Portoalegrense, no Bairro Humaitá, local onde também havia um super lixão há mais de 30 anos?

Lembro bem que o comentário era geral. Na época, era tudo apenas bairro Navegantes, o loteamento que resultou no Bairro Humaitá ainda não havia sido demarcado.

Os jornais publicaram por dias o caso de um senhor, solitário e mendigo (hoje chamam "morador de rua") que fazia sa comidinha "diretamente no fogo que brotava da terra". Ele estava fascinado com o "foguinho" e dizia que era Deus que estava ajudando.

Procurei na web alguma referência, não achei nada. Foi pelos idos de 1980.

Espero só que a responsabilidade dos governos leve em consideração um assunto tão sério.

Melhor verificar os perigos, hoje, do que ter de interditar, depois.



---------

Leia também: http://ning.it/qZcrCj


Shopping Center Norte, de São Paulo, com gás metano, praticamente vazio. Clientes e funcionários com medo.

(Foto: G1)

Shopping Center Norte de São Paulo, sobre metano ameaça explodir - E alguém ainda fala que é o planeta que se vinga? Não é vingança, é reação química!

Por Marise Jalowitzki
LINK: http://ning.it/qZcrCj
-------

Leia também:



Lixão de ontem, shopping de hoje - É assim que são construídos os centros urbanos - Shopping Center Norte e entorno com ameaça de explosão por gás metano



Como ocorre a drenagem do gás metano
 - Mais ameaças de explosões por metano em São Paulo - Agora é o conjunto Cingapura

Por Marise Jalowitzki
30.setembro.2011
LINK: http://ning.it/qnobhS

------
CONHEÇA O PROJETO QUE TRABALHA TODO O LIXO, e ainda gera Energia Elétrica - É o Projeto NATUREZA LIMPA


Unaí - Minas Gerais - Primeiro Projeto Brasileiro
para Transformar o Lixo em Energia,
 aproveita até mesmo o chorume


Lixo em Energia - Parte 1/10 - Transformar lixo em Energia é possível no Brasil? Sem impactos ambientais negativos?


22.junho.2011
LINK: http://t.co/xZslfoX
 






Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente





compromissoconsciente@gmail.com
Escritora, pós-graduação em RH pela FGV,
international speaker pelo IFTDO-EUA

Porto Alegre - RS - Brasil

Shopping Center Norte de São Paulo, sobre metano, ameaça explodir - E alguém ainda fala que é o planeta que se vinga? Não é vingança, é reação química!


Shopping Center Norte, de São Paulo, com gás metano, praticamente vazio. Clientes e funcionários com medo.
(Foto: G1)

Shopping Center Norte de São Paulo, sobre metano ameaça explodir - E alguém ainda fala que é o planeta que se vinga? Não é vingança, é reação química!

Por Marise Jalowitzki
28.setembro.2011
http://ning.it/qZcrCj

A notícia aí está! Um shopping elegantéérrriiimo, o sofisticado deShopping Center Norte, de São Paulo e, quiçá um dos mais lindos da América Latina, está quase vazio, paga multas enormes, está ameaçado de ser definitivamente interditado e-ou fechado. As pessoas estão assustadas, os empregados vivem com medo.

Sabem o que? O Shopping FOI CONSTRUÍDO EM CIMA DE UM LIXÃO!!! Mais uma vez o LIXO acabando com o LUXO! Na maior parte das vezes, o lixo inferniza e adoece as populações periféricas, os agricultores, as classes carentes. Mas agora, novamente, o lixo se remexe nas entranhas e diz: PLÁSTICO NÃO! PETRÓLEO, NÃO! Chega de alterar o meio ambiente!!!

Quem quer acordar?

Talvez agora, por ser o Shopping e não o Morro do Bumba, as providências sejam tomadas.
No Rio de Janeiro, o Morro do Bumba veio abaixo pela pouco assentamento de um terreno pleno de lixo.
Em São Paulo, o Shopping Center Norte, construído sobre um lixão, soterrado há 30 anos, continua liberando gás metano, o mesmo que se forma sobre as camadas onde há petróleo, com igual possibilidade de explodir.

( Em Porto Alegre, no RS-Brasil, temos uma situação semelhante onde agora está sendo construída a Arena do Grêmio Futebol Portoalegrense, para estar pronto para a Copa do Mundo. Não há notificação de que tenha acontecido algum estudo ambiental. Vamos esperar que aconteça uma situação semerlhante? Confira em http://ning.it/pjqTon )

 Acompanhe a reportagem completa ou assista o video do G1 - Jornal Nacional de 28.setembro.2011: Link: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2011/09/center-norte-cetesb-e-mp-assinam-termo-de-ajustamento-de-conduta.html



Representantes do Ministério Público, do Center Norte e da Cetesb assinaram na tarde desta quarta-feira (28) um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), que prevê as medidas que o shopping terá de tomar para afastar o risco de explosão.

Os comerciários estão preocupados com a situação, já que o shopping pode ter que fechar as portas na sexta-feira (30). A Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, no entanto, poderá cancelar o fechamento caso considere o TAC satisfatório. O documento ainda não foi recebido pelo órgão.
Pelo Termo de Ajustamento de Conduta assinado nesta quarta-feira, os administradores do Shopping Center Norte se comprometem a cumprir ao menos dez medidas preventivas. Em caso de descumprimento de qualquer uma delas, a pena prevista é uma multa diária de R$ 100 mil, segundo o TAC.

O centro de compras, localizado na Zona Norte de São Paulo, terá, por exemplo, 20 dias "para completar a instalação e dar início à operação do sistema de drenagem de gases, interligado ao sistema de exaustão do subsolo nas nove áreas já identificadas nos estudos apresentados pelo empreendedor".

O monitoramento da presença de gases (explosividade, pressão, CH4 e O2) nos poços de medição já instalados, utilidades subterrâneas e nas lojas terá de ser diário. O plano de monitoramento de gases, apresentado no dia 31 de agosto à Cetesb, terá de ser complementado pelo Center Norte em 15 dias, de forma a ampliar a área e o número de pontos de medição.

Além disso, o shopping terá de apresentar em cinco dias úteis um plano de contingência a ser implementado em situações de risco iminente em razão da intrusão de gás metano. Toda vez que for constatada a presença de gases com risco iminente detectada no monitoramento, o Center Norte se compromete a adotar de imediato as medidas de emergência previstas no Plano de Contigência.

Será preciso também apresentar à Cetesb complementações ao Plano de Comunicação aos lojistas e frequentadores do shopping e ao Plano de Gerenciamento de Crises em cinco dias úteis a partir do recebimento da comunicação da agência ambiental.

O Center Norte está obrigado a apresentar à Cetesb novo cronograma da sequência da investigação detalhada e implantação das medidas de intervenção, incluindo a área do Lar Center e do Carrefour, seguindo orientação do órgão ambiental, em 15 dias. O documento estabelece que o shopping terá de manter a Promotoria de Justiça do Meio Ambiente informada sobre todas as ações por ele adotadas.

De acordo com o TAC, os valores eventualmente desembolsados deverão ser revertidos em favor de Fundo Estadual de Prevenção e Remediação de Áreas Contaminadas.

Nesta quarta-feira (28), houve protestos no Shopping Center Norte pedindo mais segurança. Faltando dois dias para que o lugar feche as portas e cumpra a determinação da Prefeitura, os comerciantes convivem com a falta de consumidores.

Área contaminada
O Shopping Center Norte entrou na lista de Áreas Contaminadas Críticas da Cetesb por causa da existência do gás metano no terreno, que foi aterrado com lixo, segundo os técnicos da companhia, nos anos 80. Não há solo natural até dez metros de profundidade. O material em decomposição produz gás metano e, segundo a Cetesb, os níveis estão acima do permitido, com risco de explosões.

O shopping Center Norte diz que oito equipamentos para drenar o gás vão ser instalados no local, mas não precisa quando eles devem começar a funcionar. Segundo a assessoria, entretanto, o estabelecimento está seguindo o cronograma combinado com a Cetesb.

O diretor de controle da Cetesb, Geraldo Amaral, diz que o monitoramento do shopping teve início em 2004. Ele afirma por que o terreno só entrou na lista tanto tempo depois. “A partir deste ano, as situações de risco ficaram mais presentes e começamos a exigir medidas para que esses riscos fossem eliminados”, conta. Segundo Amaral, como as medidas não foram tomadas, foram aplicadas multas e a área foi incluída na lista

Em nota, o Carrefour informa já ter contratado uma consultoria ambiental e uma empresa especializada em medições.

---------

Leia também: http://ning.it/pjqTon


Gás Metano em Porto Alegre - Estádio do Grêmio Futebol Portoalegrense e o Shopping de São Paulo

---------

E mais: LINK: http://ning.it/qnobhS


Lixão de ontem, shopping de hoje - É assim que são construídos os centros urbanos - Shopping Center Norte e entorno com ameaça de explosão por gás metano



Como ocorre a drenagem do gás metano
 - Mais ameaças de explosões por metano em São Paulo - Agora é o conjunto Cingapura


-----
E mais: Moradores se recusam a sair - Link: http://ning.it/nBGMeH


Moradores resistem à ordem de evacuação do Cingapura devido ao risco de explosão do gás metano do subsolo





Olha a situação do Cingapura - Metano ameaça explodir e moradores terão de ser evacuados

------


CONHEÇA O PROJETO QUE TRABALHA TODO O LIXO, e ainda gera Energia Elétrica - É o Projeto NATUREZA LIMPA


Unaí - Minas Gerais - Primeiro Projeto Brasileiro
para Transformar o Lixo em Energia,
 aproveita até mesmo o chorume


Lixo em Energia - Parte 1/10 - Transformar lixo em Energia é possível no Brasil? Sem impactos ambientais negativos?
LINK: http://t.co/xZslfoX
 







Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente




compromissoconsciente@gmail.com
Escritora, pós-graduação em RH pela FGV,
international speaker pelo IFTDO-EUA

Porto Alegre - RS - Brasil

Planeta no Vermelho desde 27 de Setembro


Déficit também é ecológico - 10 perguntas para consumidores - Crise Econômica e Ecológica Mundial



Planeta no Vermelho desde 27 de Setembro


Por Marise Jalowitzki
28.setembro.2011
 http://ning.it/nc1UXu

De acordo com a fundação para assuntos econômicos NEF – New Economics Foundation, com sede em Londres, o planeta entrou em vermelho no último dia 27.setembro.

Não, não estou comentando apenas sobre a crise econômica mundial, a referência é fruto de uma análise sobre o uso dos recursos naturais.

Como se fosse uma grande empresa, os cálculos são feitos com base no que é produzido – e como é produzido – levando em consideração os ainda existentes e disponíveis recursos naturais: qualidade do ar, qualidade do solo, das águas. A estimativa é feita com base em TODOS os países, poluidores em potencial ou não, considerados “desenvolvidos”, “emergentes” ou o nome que se quiser dar.

Assim, a “dotação orçamentária” dos recursos para 2011, foi ultrapassada. Estamos literalmente no vermelho até o final do ano. Gastando além do limite, usufruindo do que já não está à nossa “disposição”.


Déficit ecológico - Impactos ambientais imensos - Onça em árvore


(27.setembro.2011 - Onça encontrada na Grande São Paulo - Provavelmente fugitiva das matas queimadas -  foi encaminhada para zoológico de Guarulhos - Foto: Agência Estado)



Vivemos o déficit ecológico


Como qualquer empresa, a natureza tem um "orçamento" anual.


“A Verdade é que o fundamento do nosso sistema econômico e social constitui ameaça ao sistema natural!”, arremata a NEF.

Qual a consequência?  -  acúmulo de gases de efeito estufa e um sempre crescente nível de poluentes, superiores ao que a terra pode abarcar.

Viver no vermelho, “comprar” a crédito, acima do orçamento do funcionamento normal, carrega um peso extra para o planeta: as mudanças climáticas ainda mais drásticas, perda de biodiversidade e escassez de água, alimentação e condições dignas de vida para os menos favorecidos, diz a organização.


"Você pode produzir uma série de recursos, e tem uma certa capacidade para substituir ou absorver o volume de poluentes e outros impactos gerados. O problema surge porque toda a humanidade consome mais recursos do que a natureza pode produzir anualmente e gera mais poluição do que pode neutralizar!” – diz a Fundação News Economics.

 
"Sem estabilidade ecológica, não pode haver estabilidade econômica. Na verdade, a crise econômica nos mostra os riscos e consequências de gastar mais do que você tem", diz Aniol Esteban, chefe de economia ambiental da New Economics Foundation.


Parecer semelhante é o de Mathis Wackernagel, presidente da Global Footprint Network: "O que está acontecendo com a nossa exploração dos recursos, é como gastar o seu salário anual três meses antes do final do ano, e dependendo da sua economia, ainda mais."


A Global Footprint Network é uma organização que tem popularizado a economia ecológica, calculando o impacto causado pelas atividades humanas no planeta.
 
A crise não diminuiu a demanda por recursos naturais. Apesar da recessão global, os dados indicam que desde outubro de 2008, a demanda por recursos naturais tem continuado a crescer embora mais lentamente do que no período 2000-2008.




É preciso levar em conta os verdadeiros impactos da atividade econômica mundial.






Biomassa - Recursos naturais e ecologicamente sustentáveis precisam substituir os tradicionais geradores de energia
 
"A estabilidade da economia, os níveis de emprego e de bem-estar dos cidadãos, dependem do bom funcionamento do nosso sistema natural, entretanto, os cálculos anunciados consideram diretrizes econômicas que não refletem os verdadeiros aspectos ecológicos e sociais da atividade humana", declara Aniol Esteban .


"O cálculo econômico que guia governos, empresas e consumidores está distorcido. A crise financeira foi em grande parte motivada pela vontade de construir um sistema que apresenta uma imagem distorcida da realidade econômica, que não mostra o verdadeiro valor (custo) dos produtos. E este é o mesmo problema do nosso sistema econômico", diz .

"Nos acostumamos a receber e usufruir de produtos como se fossem só benefícios, quando, na verdade, representam uma perda de riqueza para toda a sociedade. Levar um recurso natural ao colapso – como está acontecendo com os estoques de aquíferos, de florestas, de pesca, extração de castanhas e tantos outros -  significa acabar com uma fonte infinita de alimentos, empregos e riquezas - é considerado como um fator positivo no cálculo do PIB – Produto Interno Bruto, que é a soma de todas as riquezas de um país.” – arremata Esteban.


Consumismo exagerado leva a descarte tóxico - Consumidores podem frear essa corrida


Pergunte-se: Você precisa mesmo de um novo celular, ou é o modelo da hora que interessa?



Onde é preciso mudar

É preciso alterar o modo de medir e descrever a atividade econômica. Isto é essencial para garantir a boa gestão dos nossos recursos naturais e provisão de bens e serviços que prestamos.

O ambiente natural pode operar sem a economia, mas o contrário, não! " - alerta o especialista. 

Fonte: 
 
(continua)



Consumo deve ser equilibrado. Comprar só o que realmente utiliza



O QUE VOCÊ PODE FAZER

10 Perguntas para Consumidores

Cada um de nós é responsável por sua pequena parcela. Onde não há procura, não há oferta. Onde não há consumidores para determinado produto, não há determinado produto!

Mesmo a crise "pegando geral", há inúmeras pessoas que ainda não se conscientizaram de que ser econômico, aplicando bem o orçamento, significa ser sovina ou "carente". Significa ser equilibrado. E consciente.

Assim, responda sinceramente:

1 - Você quer fazer a diferença?

2 - Antes de comprar uma roupa nova, pergunte-se: Preciso MESMO dessa roupa? Ou é apenas para satisfazer um capricho?

3 - Você PRECISA MESMO de uma geladeira nova (ou de um outro eletrodoméstico qualquer) ou é apenas para mostrar para os vizinhos que adquiriu o último modelo?

4 - Quando você vai a um buffet, voce se serve com o que consome ou costuma deixar restos no prato, aumentando o despedício, o lixo e o chorume?

5 - Ao comprar frutas, verduras e legumes, você calcula o que vai, efetivamente, consumir nos próximos dias? Quanto de descarte de alimentos perecíveis vão fora por terem estragado em sua geladeira?

6 - Quando você faz a revisão em seu estoque de cereais (arroz, açúcar, farinha, etc.) quanto costuma ir fora por já ter o prazo de validade vencido? Que tal acabar de vez com isso? Que tal comprar de acordo com o que vai consumir?

7 - A velha questão do consumo d'água. Você sabia que 40% da água tratada vai fora, é desperdiçada? Avise os órgão públicos SEMPRE que enxergar um cano rebentado, um hidrante, um vazamento. Pegue um e-mail de algum jornalista de um periódico de sua cidade e denuncie.

8 - No seu prédio as luzes, vez por outra, costumam ficar ligadas durante o dia? Vá à reunião de condomínio e sugira o uso de minuteiras, o controle automático de liga-desliga.

9 - Você precisa, REALMENTE, usar a máquina de lavar roupa para qualquer pecinha? Por vezes, um hábito sistemático de lavar pequenas peças sob o chuveiro, na hora do banho, reduz em muito a quantidade semanal (ou diária, em alguns casos).

10 - E por fim, você tem vergonha de parecer econômico? PENSE na riqueza que é importar-se com os outros, com o bem estar geral. Isso, sim, é ser próspero.


---------




Leia mais sobre Preservação e Desmatamento

Link: http://ning.it/gwfVfk



Preservação ambiental e dos animais selvagens




Pra ter opinião, tem de conhecer!
 


Marise Jalowitzki
Compromisso Consciente







compromissoconsciente@gmail.com
Escritora, pós-graduação em RH pela FGV,
international speaker pelo IFTDO-EUA

Porto Alegre - RS - Brasil